quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Árvore de Natal, Papai Noel, Adolpho Konder e lixo por todos os lados na noite de segunda-feira em Alcântara

A pequeníssima árvore de Natal do Alcântara


Passando descompromissadamente, na última segunda-feira (12/12), por volta das 19 horas, pelo Centro do Alcântara, deparei-me com um palco montado no Calçadão. Mais tarde aconteceria no local o acedimento das luzes da árvore de Natal do bairro, montada em frente ao prédio do relógio.

Ao ouvir o locutor dizer que a Marquise – companhia de limpeza urbana que presta serviços para a Prefeitura de São Gonçalo – era uma das patrocinadoras do evento e que o Sr. Adolpho Konder estaria presente, resolvi fazer hora até a chegada do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.

Já que a Prefeitura não deu uma satisfação aos e-mails enviados por mim solicitando um esclarecimento pela desordem urbana em Alcântara, decidi aproveitar a ocasião para conversar pessoalmente com o secretário e candidato a prefeito, nas próximas eleições, sobre o problema.

Enquanto as atrações do projeto Luzes de Natal se apresentavam no palco, fiz um giro pelas redondezas para registrar as imundices de sempre para postar nesta matéria – foi um tremendo insight intuitivo essa decisão, pois nem pensava em passar anteontem pelo Centro do Alcântara. A encomenda que fui buscar não tinha tanta pressa.

Pois bem. Ao retornar ao local do showzinho natalino, avistei no meio do povo o vereador Jorge Mariola (PDT). Como o parlamentar mora em Alcântara, aproveitei para questioná-lo sobre a questão do lixo na região.

Ele me garantiu que entrou em contato com a Marquise e solicitou ao diretor da empresa, Sr. Virgílio, que duplicasse o número de catadores e implantasse também um plantão permanente nos serviços de limpeza. Pelo visto, a empresa não atendeu ao pedido do Mariola, pois a lixeira a céu aberto continua enfeando a paisagem do Alcântara.

Logo após a rápida conversa com o Edil gonçalense, o secretário Konder chegou. Apresentou o Papai Noel, distribuiu alguns brinquedos para as crianças e acendeu as luzes da simplezinha árvore de Natal – com todo respeito a boa intenção que eles tiveram, mas não posso deixar de chamar atenção para a falta de bom gosto com o tal símbolo natalino deste ano. O bairro merecia uma árvore mais bonita e grandiosa.

E assim que Konder terminou as suas atividades políticas e desceu do palco, fui em sua direção. Gentil, ouviu com atenção as minhas observações.

Falei sobre o Movimento S.O.S ALCÂNTARA, destacando a questão do lixo. Disse que a situação do bairro é vergonhosa e citei os locais mais críticos: Rua Raul Veiga, Vila Três, algumas ruas do Centro e o lixo permanente em frente ao Posto de Saúde Hélio Cruz. Diante do meu relato tenebroso e verdadeiro, solicitou-me então que lhe enviasse um e-mail com todas as matérias que fiz sobre o abandono da região. Prometeu dar atenção ao caso.

Sobre a questão da Praça Chico Mendes, primeiramente, ele disse que teria apenas um monumento da Bíblia no local, depois, com a minha incisiva pergunta se era mesmo só um monumento, confirmou que talvez uma parte seja reservada para a construção da Praça da Bíblia. Falei que isso não pode acontecer. Que a troca do nome da praça é uma falta de respeito com o importante líder sindical.

A conversa então encerrou, havia outras pessoas querendo falar com ele.

Como combinado, o e-mail solicitado já está a caminho (estava esperando terminar esta matéria para enviá-la também). Quanto a Praça Chico Mendes, defenderei com ardor a manutenção da homenagem ao grande defensor da Amazônia.

Espero que o secretário Konder tenha realmente boa vontade política e interceda junto a prefeita pela solução dos problemas do Alcântara e que tenha também bom senso cultural em preservar a Praça Chico Mendes.

Se ele pretende mesmo ser o prefeito dessa cidade, terá de mostrar que pensa diferente da política provinciana reinante em terras gonçalenses.

São Gonçalo precisa avançar rumo a modernidade! Chega de provincianismo!

Agora, confira abaixo as fotos do evento e as vergonhosas lixeiras a céu aberto.


Chegada do Papai Noel

Secretário Adolpho Konder apresenta o Papai Noel para o povo

Vereador Jorge Mariola (PDT) no meio do povo

Adolpho Konder distribui brinquedos para as crianças

Adolpho Konder faz a contagem regressiva para o acedimento da árvore de Natal

Árvore de Natal é acesa acompanhada de fogos de artifícios


Enquanto a Marquise patrocinava o showzinho natalino no Calçadão, o lixo tomava conta das redondezas



Rua Raul Veiga

Rua Raul Veiga, em frente ao Super Market

Rua Raul Veiga, em frente ao Super Market

Rua Nestor Pinto Alves - Vila Três

Rua Nestor Pinto Alves - Vila Três

Rua Nestor Pinto Alves - Centro do Alcântara

Lixo coladinho ao prédio do Posto de Saúde Hélio Cruz

Lixo em frente ao prédio do Posto de Saúde Hélio Cruz

Lixo em frente ao prédio do Posto de Saúde Hélio Cruz

Todas as fotos são de autoria de Vagner Rosa


8 comentários:

  1. Não só o oportunismo é qualidade de um grande jornalista, mas também a forma como aproveita esta oportunidade! Parabéns pela atitude, Vagner!

    Ah, vale citar, Vagner, os comentários dos leitores do blog sobre a Praça da Bíblia, deixando claro que essa decisão é reprovada pela maioria.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Vagner.
    Concordo contigo em tudo. Mas veja se vc também não concorda com o que vou te falar.
    É dificil vc ver um lugar tão sujo como Alcântara, e boa parte do lixo jogado nas ruas são dos próprios transiuntes. Eu acho que a prefeitura deveria iniciar uma campanha para reeducar as pessoas que passam pelo alcântara e elem disso, aumentar em pelo menos 500% a quantidade de lixeiras.

    ResponderExcluir
  3. Valeu, grande Eduardo!

    Forte abraço, meu caro!

    ResponderExcluir
  4. Prezado Anônimo, boa tarde!

    Claro que eu concordo com a sua opinião. Também penso da mesma forma. A Prefeitura deveria, sim, promover uma campanha de conscientização de limpeza, aumentar o número de lixeiras e caçambas.

    Como cobrar de uma população um comportamento educado se a Prefeitura não se preocupa em promover a ordem urbana?

    Além das questões operacionais (serviços de limpeza), o governo municipal tem de educar as pessoas para manterem a cidade limpa.

    Estou contigo e não abro!

    Obrigado pela sua participaçao!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Acho que a responsabilidade maior, no caso de Alcântara, é da prefeitura. Não vemos tanta sujeira no Centro, e o perfil do público é o mesmo.

    Claro, falta educação por parte do povo (também por culpa do governo), mas o trabalho da Marquise tem sido ineficiente, principalmente.

    ResponderExcluir
  6. Aì, me desculpem, não to defendendo a prefeita, mas não é ela quem joga lixo na rua e outra, havia sido colocado vasos com coqueiros em alcântara e todos foram destruídos, quebrados ou viraram lixeira... quem destrói é o próprio povo, não são todos, mas são alguns moradores de são Gonçalo que são porcos e mal educados.

    ResponderExcluir
  7. Prezado Anônimo,

    ninguém está falando que a culpa é só da Prefeitura, o povo tem a sua parcela de culpa.

    Que tal a Prefeirura promover uma campanha de conscientização de limpeza e colocar guardas municipais para tomar conta da ordem urbana?

    Foi a falta de fiscalização que contribuiu para o vandalismo citado (destruição dos vasos) por você.

    Obrgado pela sua participação no blog.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Inalva Noemi Santana19 de dezembro de 2011 02:15

    Vagner...

    Eu nem tenho o que comentar, a não ser concordar com tudo que vc vem protestando sobre o DESgoverno de nosso município, principalmente Alcântara que, mesmo sendo o maior bairro da cidade, está completamente largada pela atual gestão. Todas as fotos que postou eu assino embaixo pq são locais que transito todos os dias... e quanto a árvore de Natal e a distribuição de presentes pelo futuro candidato à prefeito....patético!

    ResponderExcluir