quarta-feira, 8 de maio de 2013

MORADORES INDIGNADOS COM O LIXÃO DE TERCEIRO MUNDO DO ANAIA PEQUENO


Anunciado por muitos como um aterro sanitário de primeiro mundo – por causa da tecnologia que seria empregada no projeto –, o Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos (CTR) do Anaia Pequeno, inaugurado no ano passado (08/03/2012), na realidade, não passa de um lixão de terceiro mundo.

As imagens da visita da Comissão Especial dos Lixões da Alerj – que tem como objetivo acompanhar a desativação dos lixões, a nova destinação dos resíduos sólidos e a situação dos ex-catadores de lixo –, realizada no local, na quinta-feira passada (02/05), mostram que as promessas em relação ao aterro não passavam de um engodo político.

Clique aqui para ler a matéria sobre a inauguração do aterro sanitário

Após um ano de funcionamento do CTR, nenhuma melhoria na região – prometida pelas autoridades na solenidade de inauguração –, sequer foi realizada.

Vale lembrar que antes da construção do aterro, os moradores fizeram diversos protestos contra sua instalação no bairro. Eles previam que ali seria mesmo um lixão, mas a presidente do Instituto Nacional do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, sempre desfazia, segundo ela, essa “interpretação equivocada” dos manifestantes.

“A população acaba sendo induzida a pensar que será feito um lixão, o que não é verdade. O aterro sanitário não tem contaminação dos lençóis freáticos, não há urubus e não tem catadores. À medida que os aterros são implantados a população entende e a resistência desaparece”, dizia Marilene, na época da implantação do projeto.

Se é ou não um lixão, o fato é que os moradores não estão nada satisfeitos com o tal aterro sanitário. Um leitor do Território Gonçalense tem solicitado encarecidamente a nossa presença no local para registrar a real situação de abandono do lugar. Uma moradora do bairro Jockey também entrou em contato com a gente, via inbox do facebook, para denunciar a falta de respeito para com a população da região.

“Atenção e providências URGENTES para o lixão do Anaia Pequeno. Absurdo! Isto tem causado uma infestação anormal de mosquitos da dengue e mosca, na região. No bairro onde moro no Jockey o mal cheiro tem sido insuportável, e o dia todo o cheiro de chorume é tão forte que nem com a casa toda fechada a gente se livra do cheiro, fora que a maioria dos moradores da localidade tiveram dengue. Está insuportável, é uma falta de respeito”, reclamou a leitora do TG.

A Comissão Especial dos Lixões constatou que o aterro sanitário não tem tratamento para o chorume.

Pois é, diante desse resultado da vistoria da Comissão e das fotos do local, publicadas logo abaixo, temos que admitir que o aterro sanitário do Anaia não passa mesmo, por enquanto, de um verdadeiro lixão de terceiro mundo.

Esperamos que a Prefeitura de São Gonçalo e a empresa responsável pela operação do CTR, cumpram com o que foi prometido para aquela região.

Agora, confiram abaixo as fotos do lixão, extraídas do facebook do deputado estadual Gilberto Palmares (PT), relator da Comissão Especial dos Lixões.




 


Comissão Especial dos Lixões, presidida pela deputada Janira Rocha (PSOL), em visita ao aterro sanitário do Anaia Pequeno



6 comentários:

  1. Eu tenho muita pena da minha cidade. O que está acontecendo com São Gonçalo, Jesus? É Praça da Bíblia cheia de gato oferecendo perigo para as pessoas, é lixão espalhando mosquito da dengue, é a violência que não pára de aumentar com bandidos fugindo do Rio pra cá. Ó Senhor, o que está acontecendo? Tenha misericódia de nós.

    ResponderExcluir
  2. Lúcio Hernandez9 de maio de 2013 15:11

    Que vergonha!

    ResponderExcluir
  3. Isso é que dá acreditar nessa classe desacreditada de políticos. Eles são mestres em mentiras. FORA CABRAL! FORA DILMA! E PANISSET NUNCA MAIS!

    ResponderExcluir
  4. Que vergonha,São Gonçalo!Rio Bonito discutindo a implantação da rodoviária já com terreno reservado na BR 101.Silva Jardim já tem Teatro Municipal.Enquanto isso nossa cidade atrasada com problema da destinação do lixo.É muito desmando para uma cidade só!

    ResponderExcluir
  5. O Secretário Minc é um garganta. Só sabe aparecer nas fotos e adora um holofote na mídia que o acha um cidadão muito preocupado com o meio ambiente. Pura conversinha! Tiraram o lixão de Itaoca por interesse da construção do Comperj por pressão da Petrobras que pretende dominar a ilha. Anaia foi escolhido para pagar o pato, pois a prefeitinha não tinha nenhum interesse naquela área. Os moradores estão com um problemão e promesas foram feitas, como sempre, da boca para fora. Esse descaso com o Bairro do Anaia é a maior prova que o Governador Cabral(PMDB) e o seu Secretário Minc(PSOL?) não estão nem aí para o meio ambiente.

    Francisco - New City!

    ResponderExcluir
  6. Moral da história: O problema do destino final do lixo gonçalense só foi mudado de bairro.

    ResponderExcluir