terça-feira, 9 de julho de 2013

PREFEITO NEILTON MULIM ACABA COM A “NOVELA DO 3º BI” PUBLICANDO DECRETO DE DESTOMBAMENTO DO LOCAL


Depois de o governador Sérgio Cabral ter lavado as mãos e jogado toda a responsabilidade pelo futuro do 3º Batalhão de Infantaria (BI) no colo dos vereadores e do prefeito Neilton Mulim, o chefe do Executivo gonçalense decidiu acabar logo com a novela do destombamento: publicou no Diário Oficial, desta terça-feira, o decreto de destombamento da antiga área do Exército, localizado no bairro da Venda da Cruz.

Lamentavelmente, não era essa a decisão que os gonçalenses esperavam do prefeito. Vale destacar que, há dois meses, diversas entidades vêm se manifestando contra o destombamento daquela área, onde o governador do estado planeja construir 1.240 casas populares para abrigar as vítimas das chuvas do Morro do Bumba.

Por ser uma área tombada e reconhecida como Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental, as entidades defendem para aquele espaço a instalação de centros culturais, esportivos e educacionais.

Mas de acordo com a matéria publicada no jornal O Globo (ver aqui), parece que a novela do destombamento ainda não acabou. Segundo o presidente da Comissão de Direito Administrativo da OAB/RJ, o advogado Bruno Navega, o destombamento só pode ocorrer se a Câmara Municipal derrubar a lei que tombou o patrimônio.

Frederico Carvalho, um dos líderes do movimento contra o destombamento, afirmou que o decreto publicado pelo prefeito não tem valor jurídico e é uma afronta a toda a sociedade civil de São Gonçalo.

— O tombamento é feito por uma lei municipal. Um decreto não derruba uma lei. Já acionamos a OAB e a Câmara dos Vereadores e esperamos uma decisão do Ministério Público e da Justiça — comentou Carvalho.

Vamos aguardar o desenrolar dessa história. Tudo leva a crer que essa novela deverá se arrastar por mais alguns capítulos.

Mas o Território Gonçalense não pode deixar de lamentar que o prefeito Neilton Mulim esteja tomando o mesmo rumo da política da ex-prefeita Aparecida Panisset: a sua antecessora não valorizava os pontos históricos da cidade. A demolição do centenário e primeiro centro de Umbanda, localizado em Neves, é um exemplo da falta de respeito que a Panisset tinha pela história gonçalense.

É lamentável que este comportamento esteja se repetindo no Governo Mulim...


22 comentários:

  1. É lamentável isso. O Mulin realmente se vendeu ao Governador mesmo. Quem sabe em troca de meia dúzia de passeios de helicóptero. Estou extremamente decepcionado. Percebo que a administração municipal só mudou em 3 aspectos em relação à anterior: O mandatário mudou do sexo feminino para o masculino, deixou de usar vestidos para usar calças e mudou da cor vermelha para o azul. De resto é igualzinho. Que raiva que estou desse prefeito. É torcer para que se derrube essa decisão.

    ResponderExcluir
  2. Finalmente o Mulin deixou a máscara cair! Pagou para ver. Temos que dá uma resposta imediata a esse farsante. Revelou-se como mais um cupixa do Cabral. VAMOS PARA A RUA JÁ!

    ResponderExcluir
  3. PAULINHO DO ALCÂNTARA9 de julho de 2013 21:41

    QUE DECEPÇÃO!!!

    ResponderExcluir
  4. Porque o prefeito Neilton Mulim está tão submisso ao desgovernador Cabral? Ele já está no PMDB?

    ResponderExcluir
  5. Prefeitinho bem mais ou menos esse nosso hein...

    ResponderExcluir
  6. Que coisa mais Revoltante hein!
    Enquanto o " MR Cabronio" Anda de Helicóptero, Sua familia e o Cachorrinho também, Gonçalenses vivem a Mercê das empresas de ônibus dessa cidade.
    Agora conta com a Ajuda do "Grande Neilton Mullin",para acabar de vez com a cidade .Primeiro Com a Falta de respeito com os Cidadãos Gonçalenses com a falta de Mobilidade,Saúde ,Infraestrutura .Agora com um dos Revoltante caso do Destombamento do 3°BI.
    Agora eu queria saber o q se passa pela a mente insana do Governador e do Prefeito. Agora dá. para ver porque a Graça tanto quiz apoia-lo!

    ResponderExcluir
  7. Isso é só o inicio...aguardem cenas dos próximos capítulos

    ResponderExcluir
  8. VERGONHOSA!!! VERGONHOSA!!! VERGONHOSA!!! NÃO TEM OUTRA EXPLICAÇÃO PARA ESTA ATITUDE DO PREFEITO MULINHO!!! TENHO PENA DE SÃO GONÇALO!!!

    ResponderExcluir
  9. É impressão minha ou a Panisset fez escola? kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Faltou muito senso político ao Mulim. Ele conseguiu se queimar feio com a população com 7 meses de mandato. Lamentável que isso esteja acontecendo.

    É triste até mesmo pelo fato de todos estarem aguardando algum tipo de modificação positiva em relação aos 8 anos anteriores. Mas não há de que se arrepender, agora ele precisa ser chamado a atenção e vai ter que se esforçar muito para limpar a reputação do seu mandato. Em épocas de manifestações que estão mobilizando a população em torno de causas justas, um ato como este é totalmente descabido.

    ResponderExcluir
  11. A decisão foi política. O Cabral deu uma de Pilatos ao lavar as mãos, porém ele(Cabral) e o PMDB de Graça e agregados, estão mais envolvidos nesta decisão que o próprio Prefeito. São Gonçalo ainda é tratado como o quintal dos fundos da Cidade de Niterói. Todo o lixo de lá é colocado aqui. E, infelizmente, sempre aceitamos isso. Os Vereadores se vendem aos interesses dos empresários de linhas de ônibus e só pensam em seus botões. Nunca vi Vereador e Prefeito defenderem a Cidade e impor aos Municípios vizinhos a sua importância, se é que ainda temos alguma. Como cidadão Gonçalense, tenho vergonha desses que foram eleitos para governar o Município.

    Francisco - Nova Cidade

    ResponderExcluir
  12. neilto mulim o nome esta co letra minuscula porque e merecedor,traidor do POVO ASS; R E V O L T A D O D E SG

    ResponderExcluir
  13. Mas também queriam o que? Tá pra existir cidade mais desorganizada como esta. Onde estavam as pessoas para protestar contra o destombamento do quartel? Não me lembro de ter visto ninguém manifestando contra este absurdo. Pobre São Gonçalo!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Calma,gente! como sempre defendeu o TG do nosso amigo Vagner Rosa, é muito cedo ainda para avaliar o governo do Excelentíssimo Senhor Prefeito Neilton Mulim. Vamos aguardar mais um pouco. Afinal, são somente sete meses de governo. Tadinho! Deixem o homem em paz! Que tal falarmos mal da Aparecida Panisset??

    ResponderExcluir
  15. Ouvi dizer que o Mulim se vendeu por um passeio de helicoptero com o Cabral.

    ResponderExcluir
  16. Prezado anônimo

    De fato, ainda é muito cedo para fazer uma avaliação completa e correta do governo do Excelentíssimo Senhor Prefeito Neilton Mulim. Só mesmo as “viúvas” da Panisset, os oposicionistas com seus velhos discursos (sem apresentar alternativas inteligentes) e os sem noção de política para querer que, em sete meses, o governo Mulim faça milagres que o governo anterior não fez em oito anos de mandato.

    Vale lembrar que os dois primeiros anos do primeiro mandato do Governo Lula foram desastrosos. Vale lembrar também que outros prefeitos de primeiro mandato como Rodrigo Neves (Niterói), Fernando Haddad (São Paulo), entre outros, também estão tendo problemas.

    No caso do governo Mulim, a maturidade política pede para que tenhamos um pouco mais de paciência para fazermos uma avaliação sem vícios e paixões políticas. Vale destacar que ele herdou uma herança maldita, uma administração caótica.

    Quanto a essa questão do destombamento do 3º BI, a decisão do prefeito realmente foi lamentável. É decepcionante saber que ele está seguindo o exemplo da ex-prefeita Aparecida Panisset, que não valorizava os pontos históricos e memórias de pessoas importantes: a ex-prefeita foi responsável pela demolição do centenário terreiro de Umbanda, em Neves, e pela destruição da Praça Chico Mendes para construir a Praça da Bíblia, em Alcântara.

    Deus queira que o prefeito não cometa mais equívocos panissetistas no futuro...

    Obrigado pela sua participação no blog!

    Abraço,

    Vagner Rosa

    ResponderExcluir
  17. A construção de 1242 casas populares iram gerar muitos votos, e é isso o que importa para essa corja!

    ResponderExcluir
  18. Eu duvido que eles irao construr casa para o povo quero deixar registrado aparti de hoje

    ResponderExcluir
  19. Acabei de ver o lider do PT dizento que a reforma politica,vai sair so para 2016,porque eles tem que discutir com o fulano tal,e depois com o fulamo ,e depois com a mae de fulano,e depois volta para camara e depois vai para o senado ,que depois volta para camara ,e depois vai para as baze dos partidos e depois volta para P.Q.P e ai so em 2018 vai valer a reforma politica.Nos iremos para a rua se eles nao votar esta reforma ainda este ANO

    ResponderExcluir
  20. Ali tem que ser uma área de lazer sem derrubada da estrutura patrimonial.

    ResponderExcluir
  21. NEILTON MULIM está destruindo as praças ,transformando o centro da cidade em CAMELÓDROMO , as calçadas viraram estacionamentos irregulares explorados por BANDIDOS!!! A cidade está sem comando ,sem autoridade, sem PREFEITO, o MINISTÉRIO PÚBLICO precisa investigar a destruição que este despreparado está causando !! ESTAMOS arrependidos pelos votos que demos , totalmente despreparado ,não sabe o que é ser PREFEITO!!!!

    ResponderExcluir
  22. O centro de são Gonçalo vai ficar igualzinho ao de Niterói,que parece mais uma favela.cheia de barracas de camelôs e sujeiras para todo o lado.é lamentável,quem mandou votarem em um despreparado.Estão querendo destruindo um dos últimos patrimônio históricos de São Gonçalo.Esse prefeito é igualzinho o boneco de sua campanha,ridículo.

    ResponderExcluir