sábado, 16 de novembro de 2013

DILMA BARRA EMANCIPAÇÃO DO ALCÂNTARA

Foto: Vagner Rosa

Na última quinta-feira (14/11), por controle de gastos, a presidente Dilma Rousseff vetou integralmente a lei que iria permitir a criação de novos municípios no país.

"A medida permitirá a expansão expressiva do número de municípios no País, resultando em aumento de despesas com a manutenção de sua estrutura administrativa e representativa. Além disso, esse crescimento de despesas não será acompanhado por receitas equivalentes, o que impactará negativamente a sustentabilidade fiscal e a estabilidade macroeconômica. Por fim, haverá maior pulverização na repartição dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios - FPM, o que prejudicará principalmente os municípios menores e com maiores dificuldades financeiras", diz o despacho assinado pela presidente. 

Com isso, Dilma frutrou o debate sobre a emancipação do Alcântara que seria promovido por dois grupos de moradores da região (veja aqui).

Melhor assim. Pois São Gonçalo é um dos municípios mais pobres do país e a emancipação do Alcântara só iria dividir a pobreza. 

11 comentários:

  1. Adorei esta notícia!!! Os que querem a emancipação de Alcântara só querem mamar nas tetas do dinheiro público.

    ResponderExcluir
  2. Agora vamos aguardar que o atual Prefeito e os próximos juntamente com os Vereadores (que estão sempre agindo por interesses próprios) cuidem em investir nesse importantíssimo bairro. Alcântara como um bairro existente em um entroncamento, tem por natureza ser grande e, até superar o próprio Centro do Poder Municipal. A periferia do Bairro também não pode ser esquecida. Vamos esperar para ver e viver as decisões que serão tomadas. Desejo um Alcântara muito bem desenvolvido.
    Francisco Neves - Nova Cidade

    ResponderExcluir
  3. Muita gente se ilude com o comércio forte e a multidão nas ruas de Alcântara, mas a verdade é que a região não tem receita para se sustentar. Seria mais um município pobre sustentado basicamente com o fundo de participação dos municípios. A presidente Dilma fez bem em vetar essa lei.

    ResponderExcluir
  4. Emancipar o Alcântara não ia adiantar nada. Os eleitores serão os mesmo e continuaram a eleger os mesmos vagabundos de sempre. A Dilma, além de proibir a criação de novos municípios, deveria rever algumas emancipações. Pesquisem o absurdo que acontece um Minas Gerias... tem município que só tem cinco ruas. O estado tem 853 cidades.

    ResponderExcluir
  5. Mas ainda terá que passar pelo Senado, este veto da Presidente. Espero que os senadores tenham bom senso e ratifiquem a decisão dela. Ao invés de um município pobre, teríamos dois miseráveis. Bruno - Trindade.

    ResponderExcluir
  6. Seria ridículo emancipar o Alcântara. A verdade é que o Poder Público tem obrigação de cuidar do Alcântara como mais um BAIRRO da cidade.

    ResponderExcluir
  7. Gostei dessa foto. Wagner, vc deve ter tirado da praça suspensa do Pátio né? Alcântara vista de cima é até bonita.

    ResponderExcluir
  8. O Bruno da Trindade falou tudo: ao invés de um município pobre, teríamos dois miseráveis! Valeu, Dilma!

    ResponderExcluir
  9. Sim, anônimo. Tirei essa foto lá do terraço panorâmico (que está muito longe de ser uma praça suspensa) do Pátio Alcântara, no dia da inauguração do empreendimento.

    Realmente, a vista não é feia. O que enfeia são alguns prédios com suas pinturas velhas, desbotadas e descascadas.

    ResponderExcluir
  10. São Gonçalo nunca foi um Município pobre. Ao contrário, muito mal administrado nas mãos de Prefeitos e uma Câmara de Vereadores que só sabem fazer negociatas visando interesses próprios. Tudo isso nas versões pós Lavoura. Há Municípios no Brasil com arrecadação menor e que são bem administrados. Pesquisem os nomes e o Partido dos Prefeitos pós Lavoura e suas administrações.
    Francisco Neves - Nova Cidade

    ResponderExcluir
  11. Alcântara não precisa de emancipação, precisão de administração.

    ResponderExcluir