domingo, 20 de dezembro de 2015

ATÉ QUANDO VAI DURAR A CHATÍSSIMA NOVELA “O ABANDONO DA FAZENDA COLUBANDÊ”?


Na última quinta-feira (18/12), pelo terceiro ano consecutivo, a Fazenda Colubandê foi homenageada com a tradicional ornamentação natalina que promove ao famoso Patrimônio Histórico gonçalense um belo espetáculo visual.

Encantado, mais uma vez, com a belíssima decoração natalina da fazenda, publiquei algumas fotos do local na página do Território Gonçalense, no Facebook. E intitulei a postagem como "VIVA A FAZENDA COLUBANDÊ!".

A repercussão, como já era esperada, foi super positiva. A grande maioria das pessoas curtiu as fotos e elogiou a iluminação de Natal da fazenda.  Mas, como de costume, teve gente também que criticou. Que acha que o prefeito deveria ter investido o dinheiro em outras áreas essenciais e não em decoração natalina. Vale destacar que as críticas contrárias sempre vão existir, elas fazem parte da democracia.

E além da crítica citada acima, também não faltaram aquelas sobre o abandono da fazenda. Algumas pessoas chegaram até a questionar o título que dei à postagem. Confira abaixo:






Eu gostaria de dizer aos nobres colegas acima que vocês não são os únicos que estão indignados com o abandono da Fazenda Colubandê. Eu e outros milhares de gonçalenses também estamos. E vale lembrar que o Território Gonçalense já publicou várias matérias e reproduziu outras televisivas que denunciam a triste realidade em que se encontra aquele importante Patrimônio Histórico da cidade.

E se vocês querem saber a verdade, esse assunto sobre o abandono da fazenda já está cansando. São três anos de conversas infrutíferas e discussões que não chegam a lugar algum. O que vemos é um jogo de empurra-empurra das autoridades, desculpas esfarrapadas e nada mais.

Eu gostaria de saber onde está a influência política do prefeito, dos dois deputados e dos 27 vereadores do segundo maior colégio eleitoral do Estado que não consegue sensibilizar o governador Luiz Fernando Pezão para que resolva logo o problema da fazenda? A meu ver, os políticos gonçalenses têm que fazer valer a expressividade eleitoral de São Gonçalo.

E a pergunta que não quer calar é: até quando vai durar essa chatíssima novela chamada “O abandono da Fazenda Colubandê”? Penso que chega a encheção de linguiça!

E para encerrar, esclareço que, independente de a fazenda estar abandonada e maltratada, eu sempre a saudarei com um VIVA A FAZENDA COLUBANDÊ! Essa é a minha forma de profetizar a eternidade daquele belo espaço histórico gonçalense.

Que exista para sempre a Fazenda Colubandê!!!


8 comentários:

  1. decepcionado com os politicos21 de dezembro de 2015 11:16

    Cara também estou de saco cheio com essa história. Estão usando a Fazenda Colubandê como bandeira política e não resolvem porra nenhuma.

    ResponderExcluir
  2. Só acho um contrassenso a iluminação da Fazenda dada a realidade de abandono em que se encontra. Linda a noite, e depauperada de dia.

    ResponderExcluir
  3. parabéns mais uma vez, Vagner Rosa, pela lúcida publicação.

    ResponderExcluir
  4. Acho que tem ate um bom conteúdo apresentado no texto. Mais dou minha nota 0 para o titulo que demostra desprezo ao esforço promovido por vários grupos e blogueiros. No meu ponto de vista criticar projetos alheio não vai sensibilizar Pezão também não. Povo tem que deixar de tentar agradar políticos em troca de emprego que 4 anos passa rápido e para atrair a confiança da população tem que esta disposto a interceder pelo interesse deles. Ou depois vai seu político e o emprego junto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em nenhum momento, o Território Gonçalense teve a intenção de desqualificar o trabalho alheio, de grupos e blogueiros que vêm defendendo a fazenda, tanto é que não citamos o nome de ninguém. Pelo contrário, admiro e parabenizo o comprometimento de todos que têm se esforçado em prol da preservação da história da nossa cidade.

      Quanto ao título da matéria, foi mesmo intencional. Foi para provocar o debate sobre um problema que não se resolve nunca. Já são três anos de um jogo de empurra-empurra, discussões e nenhuma solução.

      E volto a questionar onde está a influência política do prefeito, dos dois deputados e dos 27 vereadores do segundo maior colégio eleitoral do Estado que não consegue sensibilizar o governador Luiz Fernando Pezão para que solucione logo o problema da fazenda? Já passou da hora de os nossos políticos fazer valer a expressividade eleitoral de São Gonçalo!

      E volto a repetir: até quando vai durar a chatíssima novela “O abandono da Fazenda Colubandê”?

      Excluir
  5. COMENTÁRIOS VINDO DE PESSOAS QUE DESCONHECEM AS AÇÕES DO GRUPO EM DEFESA DA FAZENDA SÓ PODEM SER IGNORADAS!!!

    ResponderExcluir
  6. O abandono está em todas as áreas do estado ninguém que fazer nada.

    ResponderExcluir