terça-feira, 30 de abril de 2013

PAZ NA ZONA SUL CARIOCA E PREOCUPAÇÃO EM SÃO GONÇALO

Pacificação do morro Cerro-Corá, Rio (Foto: Vitor Silva/Jornal do Brasil)

A ocupação realizada pelos policias, na manhã de ontem (29/04), no morro Cerro-Corá, no Rio de Janeiro, fechou o "cinturão de segurança" da zona sul carioca – a comunidade era o último território da região que faltava para ser ocupado pela polícia. Agora, o Bope vai permanecer no local até a inauguração da UPP, prevista para acontecer até o fim de maio (saiba mais aqui).

Com essa ocupação, as áreas turísticas oferecerão mais segurança aos turistas que virão para os grandes eventos a ser realizados na cidade: Jornada Mundial da Juventude, em julho próximo, com a participação do papa Francisco; Copa do Mundo (2014) e Jogos Olímpicos (2016).

Sem dúvida alguma, tanto a questão da segurança aos turistas quanto ao fato de devolver a paz aos moradores das comunidades, a pacificação promovida pelo governo do estado nas áreas antes dominada pelos traficantes, é uma iniciativa super positiva.

O fator negativo dessas ocupações policiais é o lado de cá da Baía de Guanabara: para onde a maioria dos bandidos vem se refugiar.

A nossa querida São Gonçalo, por exemplo, lamentavelmente, figura entre as primeiras na lista das cidades mais violentas do estado: são 300 ocorrências policiais por dia.

Imaginem agora com essa ocupação do Cerro-Corá e outras que virão por ai? O próximo passo é a ocupação das 15 comunidades do Complexo da Maré, em meados de agosto.

A pergunta que não quer calar é: e para São Gonçalo e região, o que a Secretaria de Segurança do Estado está planejando?

Estamos muito preocupados com a perspectiva de aumento da violência em nosso território. Por favor, precisamos também de atenção!


Clique aqui para ler a matéria publicada pelo Território Gonçalense, no ano passado, sobre o aumento da violência na região por conta das UPPs, no Rio.

Ocupação do morro Cerro-Corá, Rio  (Foto: Vitor Silva/Jornal do Brasil)

Ocupação do morro Cerro-Corá, Rio  (Foto: Vitor Silva/Jornal do Brasil)


7 comentários:

  1. O efetivo policial que a cidade possui (700 policiais para 1 milhão de habitantes) mostra bem a atenção que o Governo do Estado dá à segurança pública em São Gonçalo. Não há desculpas para a negligência do Estado. Com facilidade, poderiam aumentar o efetivo na cidade e até mesmo reativar um batalhão. As UPP's vão virar promessa política ano que vem, sem sombra de dúvidas. Lamentável que a vida e o bem estar de toda uma população esteja sujeita a interesses políticos tão mesquinhos e patéticos.

    ResponderExcluir
  2. Fernando Sebastião30 de abril de 2013 18:32

    Wagner, na eleição do ano passado prometeram uma UPP para São Gonçalo. Será que ela sai ou será também mais uma nova novela igual a construção do metrô e das barcas?

    ResponderExcluir
  3. Será que alguém ainda acredita que as favelas cariocas estão pacificadas? A bandidagem continua agindo por lá sob os olhos e a benção desa politica de segurança pública. Os bandidinhos agem por lá mas, por estas bandas de São Gonçalo, Niterói e outros Municípios da Baixada os bandidões foram exportados pela Secretária de Segurança Publica. Enquanto o efetivo de policiais nessas regiões estão minguando. Gostaria que o responsável pelo Blog TR realizasse uma pesquisa e apresentasse aqui tudo que foi imposto ao Estado do Rio de janeiro pela FIFA e COI. Há muitas coisas que o povo não sabe e ficam bancando os trouxas(desculpem o termo), batendo palmas e vibrando por ter como Sede dos Jogos Olímpicos a Cidade do Rio e também com uma das Sedes da Copa. Ainda muitas coisas acontecerão de forma arbitrária. E ninguém discutiu as exigências desses Órgãos. Infelizmente a bandidagem carioca continuará tendo como destino os Municípios vizinhos. Aguardem que a população de rua vai aumentar por Niterói, São Gonçalo e outros Municípios. Aguardem e verão.
    Francisco - New City

    ResponderExcluir
  4. PACIFICAÇÃO JÁ PARA SÃO GONÇALO!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu, como Gonçalense, não quero UPP no Município. Quero que os bandidos com ou sem farda sejam tirados daqui. UPP nos moldes atuais é utopia.
    Francisco - New City

    ResponderExcluir
  6. Rodrigo Villalba1 de maio de 2013 09:21

    Francisco, seu comentário foi ótimo. Lembro dos jogos de Atlanta, onde as cidades vizinhas reclamaram pq eles despejaram toda a população de rua por lá e Atlanta ficou ótima. Infelizmente essa é a nossa realidade, vamos abrigar os marginais e a população de rua do rio, Sobre a onda de violencia, na rua onde resido, alem de sofrer com alagamentos quando chove agora é ponto de constantes assaltos ao comercio e transeuntes. e o povo? Como fica?

    ResponderExcluir
  7. nós, gonçalenses sempre tratados como lixo. A Upp é totalmente ineficaz pois "expulsa" bandido de lá para cá.
    recebendo um tratamente de décima quinta categoria mesmo sendo o segundo municipio mais populoso.

    ResponderExcluir